sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Visite o ICMC através do Tour Virtual

O novo Tour Virtual utiliza modernas tecnologias que permitem conhecer o ICMC de onde estiver, através da internet.

Por: Rodrigo Peronti


O hotsite temático de 40 anos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, trouxe mais do que a história da Unidade em textos, fotos e vídeos. Agora, acessando o www.icmc.usp.br/40anos é possível transitar pelas instalações do ICMC através do Tour Virtual.

Utilizando lentes especiais, várias fotos panorâmicas foram tiradas de todos os ângulos do ICMC para montar este Tour. Nele o internauta poderá transitar pelos corredores, áreas externas, jardins, saguões, biblioteca, além de conhecer toda a arquitetura dos seis Blocos que compõe o Instituto. O processo de elaboração do Tour durou cerca 20 dias e foram tiradas por volta de 400 fotos.

O Tour pode ser acessado de qualquer lugar através da internet e a sua utilização é simples. Basta clicar nas setas que aparecem em pontos estratégicos nas fotos para navegar. Através do mouse, é possível olhar para todas as direções. Para visitar lugares específicos, existe o ícone mapa na parte superior da tela, onde está a planta do Instituto com todas as áreas do Tour, sendo possível clicar nos pontos marcados e ir diretamente para o local. Através do zoom podem ser conferidos os mínimos detalhes das imagens, como esculturas, quadros, decorações, etc.

O hotsite em homenagem aos 40 anos do ICMC foi lançado durante a abertura das comemorações e da inauguração do novo auditório do Bloco ICMC-6, que já está presente no Tour Virtual.

A tecnologia utilizada se assemelha às utilizadas pelo Google, presentes no Google Street View que disponibiliza vistas panorâmicas de 360° na horizontal e 290° na vertical de várias cidades e regiões do mundo. Dessa forma o Instituto mostra mais uma vez a sua ligação com as inovações e com a tecnologia.

Para conferir o Tour Virtual basta acessar o hotsite comemorativo dos 40 anos do ICMC. Lá também está agenda completa com as atividades de comemorações programadas até dezembro, além de várias informações históricas relacionadas ao Instituto.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ICMC e IFSC firmam parceria para nova fase do projeto Arma Inteligente

Por: Rodrigo Peronti

Iniciado no Instituto de Física de São Carlos (IFSC) através de um pós-doutorado, o projeto Arma Inteligente, do Prof. Dr. Mario Gazziro, que também docente do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), se tornou um trabalho conjunto entre as duas instituições. A partir de agora, conta com a participação do LSEC (Laboratório de Sistemas Embarcados Críticos - ICMC) e do CIERMag (Centro de Imagens e Espectroscopia In Vivo por Ressonância Magnética - IFSC).

No caso, o LSEC será o responsável pelo desenvolvimento dos softwares e do hardware do sistema. Já o CIERMag será responsável pelo desenvolvimento da antena do dispositivo. A previsão é de que até 2012  o projeto seja disponibilizado para empresas nacionais, visando a produção de um kit que torna a arma de fogo mais segura.

Confira a íntegra da matéria sobre o projeto Arma Inteligente aqui.

ICMC em Décadas: exposição mostra fotos da década de 80

Por: Davi Marques Pastrelo e Rodrigo Peronti


Desde o dia 26 de setembro é possível conhecer um pouco mais sobre a história do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, através de novos quadros incorporados na mostra fotográfica ICMC em Décadas.

A exposição faz parte das comemorações dos 40 anos do Instituto visa resgatar sua memória histórica e visual. São fotos que retratam pessoas que passaram pelo ICMC e ajudaram a construir sua história, além de eventos que marcaram cada época e ambientes e equipamentos utilizados nas atividades do Instituto. 

As fotos da primeira década (1971-80) estão expostas no saguão do auditório do Bloco 6 desde agosto. Com a inauguração da segunda década, o público vai conferir como era o ICMC entre 1981 e 1990. Até o final das festividades, em dezembro, a cada mês será acrescida uma nova década. 

A mostra ICMC em Décadas continua até dezembro, e ainda outras duas décadas serão inauguradas. A visitação é gratuita aberta para todo o público.

Mais informações no hotsite dos 40 anos.

Curso sobre ferramentas para auxílio de ensino e aprendizagem no ICMC

O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, promoverá o curso Ferramentas para o Auxílio de Ensino e Aprendizagem: Uma Abordagem Prática com o Moodle. O treinamento será ministrado pelo Prof. Dr. Júlio Cezar Estrella, no período de 5 de outubro a 16 de novembro de 2011 – sempre as quartas-feiras, das 14 às 18h.

O objetivo do curso é que a comunidade em geral possa se familiarizar com o sistema de gerenciamento de cursos denominado Moodle para criar, disponibilizar e gerenciar material didático de apoio às aulas presenciais, na Internet. O foco deste curso é demonstrar o potencial do Moodle como ferramenta de auxílio de ensino-aprendizagem para suporte do ensino presencial em nível superior.

Para se increver, preencha a ficha de inscrição e envie para o e-mail eventos@icmc.usp.br até o dia 4 de outubro.

Conteúdo Programático 

Etapa 1
1. Visão geral do Moodle
2. Filosofia do Moodle 

3. Estrutura básica do sistema; 
4. Utilização dos principais blocos, módulos, recursos e ferramentas de administração; 
• Gerenciamento de usuários
• Customização da aparência do site
• Segurança
• Backup do site e restauração


Etapa 2
1. Planejamento, criação e alimentação de cursos;
• Criação de Cursos
• Aparência do Curso
• Usuários (criação e gerenciamento)
• Segurança do Curso
• Re-uso de cursos e atividades
2. Ferramentas 

• Fórum
• Wiki
• Tarefa
• Questionário
• Bate-papo
• Lição
• Workshop
• Pesquisa de Opinião
• Pesquisa de Avaliação

Etapa 3 

1. Ferramentas de Avaliação e Aprendizado 
• Recursos
• Atividades
• Livro de Notas
• Relatórios do Curso

Etapa 4
 1. Gerenciamento de Conteúdo
• Arquivos e Pastas
• Conteúdo Multimídia
• Edição de Texto
• Portfólios
• Copyright e Plágio



Mais informações
Seção de Eventos do ICMC
Tel (16) 3373-9146
eventos@icmc.usp.br

VI Semana da Licenciatura em Ciências Exatas

Acontece entre os dias 3 e 6 de outubro a VI Semana da Licenciatura em Ciências Exatas (SeLic). Realizada pelos alunos do curso interunidades (IFSC, IQSC, ICMC) de Licenciatura em Ciências Exatas e pela Secretaria Acadêmica da Licenciatura em Ciências Exatas (SACEx), a VI SeLic apresenta o tema Ensino de ciências em espaços não formais.

O evento destina-se a alunos de licenciatura, bem como, professores da rede de ensino de São Carlos e região e pessoas interessadas na área da educação. Serão ministradas palestras e mini-cursos voltados para a área de ensino em espaços não formais. As palestras aconteceram no Auditório Profº Sérgio Mascarenhas e nas dependências do Instituto de Física de São Carlos sempre após as 19h. 

Os mini-cursos de matemática, física e química serão ministrados nas dependências do Instituto de Física de São Carlos e cada participante poderá se inscrever em apenas um deles. Ocorrerá no dia 4 de outubro um mini curso do Mão na Massa - CDCC. A inscrição para este deverá ser feita separadamente.

ATENÇÃO
As vagas para os mini cursos são limitadas!!! As inscrições deverão ser feitas no endereço www.licenciatura.ifsc.usp.br até o dia 01/10.

A taxa de inscrição é de 1 Kg de alimento não perecível ou 1L de leite a ser entregue no dia de abertura da SeLic.

No ato da inscrição, o participante receberá um e-mail confirmando a mesma! Caso não receba o e-mail, refaça o processo.

Será oferecido certificado de participação para aquele que cumprir 75% de presença.

A SeLic conta com o apoio do Instituto de Física de São Carlos - IFSC, do Instituto de Química de São Carlos - IQSC, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação - ICMC, do Centro de Divulgação Científica e Cultural - CDCC e da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária.

Maiores informações quanto à programação podem ser obtidas através do site ou pelo e-mail selic2011@gmail.com ou pelo site www.licenciatura.ifsc.usp.br

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Pesquisadores do ICMC tem artigo premiado em evento

O artigo Análise da Performance de Descritores de Cor utilizando Imagens em Várias Resoluções ficou classificado em terceiro lugar na seleção dos melhores trabalhos no Workshop of Undergraduate Work do SIBGRAPI 2011.

O trabalho foi desenvolvido no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, pelas bolsistas de iniciação científica Camila Tatiana Picon e Isadora Rossi, sob orientação do Prof. Dr. Moacir Ponti Jr.

Mais informações no site do evento.

ICMC Júnior promove palestra beneficente sobre Seis Sigma

A ICMC Jr. em parceria com a Brisot Consultoria, realizará palestra sobre Seis Sigma. O treinamento será beneficente, em prol da Creche Nosso Lar, a taxa de inscrição será a doação de um brinquedo.

Quando: 29 de setembro de 2011, às 19h
Onde: Auditório Prof. Luiz Antonio Fávaro

Todos os participantes obterão certificado de participação. As inscrições podem ser feitas AQUI.



Informações
ICMC Júnior

Professor do ICMC integra Comissão Assessora da CAPES


Por: Rodrigo Peronti

O Prof. Dr. Paulo Cesar Masiero, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), na USP em São Carlos, foi convidado para compor a Comissão Assessora da Coordenação de Área em Ciências de Computação da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Essa comissão tem o objetivo de auxiliar a Coordenação de Área em suas tarefas, como na avaliação trienal dos cursos na área de Ciências de Computação e no julgamento de pedidos de bolsas e auxílios.
Prof. Dr. Paulo Masiero

Masiero é Mestre em Ciências da Computação e Matemática Computacional pelo Instituto de Ciências Matemáticas de São Carlos, USP (1979), Doutor em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, USP (1984), na área de Métodos Quantitativos e Informática. Pós-Doutorados na University of Michigan, EUA (1985), e Universidade Técnica da Dinamarca (1993). Foi membro do Conselho Diretor da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) em dois mandatos, membro da Comissão de Especialistas em Computação e Informática do Ministério da Educação (MEC), Diretor do Centro de Informática de São Carlos (CISC-USP), Diretor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC-USP), Presidente da Comissão Central de Informática da USP e Coordenador de Tecnologia de Informação da USP. Foi o criador e o coordenador nos quatro primeiros anos do Curso de Sistemas de Informação da Escola de Artes, Ciências de Humanidades, da USP, em São Paulo, e Vice-diretor dessa escola de dezembro de 2008 a dezembro de 2009.

Atualmente, além de atuar no ICMC, é Diretor Financeiro da SBC. É também assessor ad-hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e de outras fundações de amparo à pesquisa.

Mais informações:
Assessoria de Comunicação

Equipe da USP de São Carlos vence campeonato de robótica

Por: Davi Marques Pastrelo


Em mais um prestigiado evento nacional, o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, mostrou sua força e tradição na área de  robótica. O grupo Warthog Robotics, coordenado pela Profa. Dra. Roseli Ap. Francelin Romero (ICMC) e pelo Prof. Dr. Ivan Nunes da Silva (Escola de Engenharia de São Carlos - EESC), e formado por alunos de ambas Unidades, venceu a final da Competição Brasileira de Robótica (CBR 2011), na categoria IEEE Very Small Size.

Nos dois últimos anos, o time de robôs do ICMC sagrou-se vice-campeão, mas nesta edição superou-se em uma partida emocionante e levou o título. Na categoria, dois times com três pequenos robôs cada disputam uma partida de futebol. Os robôs são controlados remotamente por um computador, mas sem intervenção humana. O computador processa a imagem de uma câmera de vídeo localizada sobre o campo e comanda os robôs.

A participação do ICMC deu-se através do Laboratório de Aprendizado de Robôs (LAR) do Grupo BioCom, coordenado pela professora Roseli. "Este é o resultado de um trabalho de cinco anos de pesquisa, envolvendo muitos alunos de Iniciação Científica e de Mestrado. Trata-se de uma pesquisa multidisciplinar que envolve conhecimentos de visão computacional, inteligência artificial, controle, eletrônica e mecânica, Agradeço a todos os alunos que participaram e participam deste projeto e o apoio recebido da FAPESP, CNPq, ICMC, EESC e da USP", ressalta a pesquisadora.

Sobre a CBR 2011

A Competição Brasileira de Robótica 2011 englobou a Competição Brasileira de Robótica, o RoboCup Brazil Open e as finais da Olimpíada Brasileira de Robótica, e acontece juntamente com o Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente (SBAI). Trata-se de uma ação conjunta de várias instituições e sociedades científicas para divulgar e promover os avanços tecnológicos na área de robótica. A edição deste ano do evento aconteceu no campus da Universidade Federal de São João del-Rei-MG, de 18 à 21 de setembro.


Sobre o Warthog Robotics

Em 2011, os dois únicos grupos de desenvolvimento de futebol de robôs da USP, o USPDroids e o GEAR, se uniram visando fortalecimento no cenário nacional e internacional de robótica. O novo grupo chama-se WARTHOG ROBOTICS e já nasce sendo a maior equipe de extensão do campus da USP de São Carlos e a maior equipe de competição de robótica do Brasil.


Site do evento: http://www.cbr2011.org/
Site do grupo: http://www.sel.eesc.usp.br/warthog/

Pesquisador iraniano ministra minicurso sobre Sistemas Dinâmicos no ICMC

No período de 29 de setembro a 29 de novembro, o Prof. Dr. Meysam Nassiri (IPM - Institute for Research In Fundamental Sciences, em Teerã, Irã) vai visitar ICMC, IMPA e UFF. No ICMC ele vai proferir o minicurso Sistemas Dinâmicos em superfícies: De homeomorfismos a difeomorfismos Cr genéricos

Serão oito aulas, nos dias 4, 6, 11, 13, 25, 27 de outubro e 17, 22 de novembro, sempre das 16h às 18h, em local a ser divulgado em breve. Este minicurso é considerado como um curso de difusão do programa de pós-graduação do ICMC.

As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 3 de outubro. O interessado deve preencher a ficha de inscrição e enviar para e-mail eventos@icmc.usp.br

O programa do curso está dividido em três partes e contem tópicos topológicos interessantes além da dinâmica:

Parte 1 
  • Teoria de Prime ends e compactificação
  • Número de rotação de Caratheodory
  • Teorema de ponto fixo de Cartwright Littlewood
  • Teorema de Mather

Parte 2
  • Inversa de Teorema de Cartwright-Littlewood
  • Extensão de Teorema de Mather

Parte 3
  • Teorema de Franks-Le Calvez sobre densidade de união de variedades estáveis
  • Transitividade de semigrupos Cr genéricos conservativos

A primeira parte é baseada nos resultados clássicos de Caratheodory (cf. [Mat82]), Cartwright-Littlewood [CL51] and J. Mather [Mat81]. A primeira parte é bastante elementar e os alunos de mestrado também podem seguir. A segunda parte é baseada nos resultados recentes de ministrante do curso junto com A. Koropecky e P. Le Calvez sobre inversa do Teorema de Cartwright-Littlewood e suas consequencias. Na terceirta parte vamos discutir resultados clássicos de [FLC03] e [KN10] para difeomorfismos Cr genéricos conservativos e sistema iterado de funções.



Referências

[CL51] M. L. Cartwright and J. E. Littlewood, Some fixed point theorems, Ann. of Math. (2) 54 (1951), 1–37, With appendix
by H. D. Ursell. MR 0042690 (13,148f)
[FLC03]J. Franks and Patrice Le Calvez, Regions of instability for non-twist maps, Ergodic Theory and Dynamical Systems
(2003), no. 23, 111–141.
[KN10]Andres Koropecki and Meysam Nassiri, Transitivity of generic semigroups of area-preserving sur- face
diffeomorphisms, Math. Z. 266 (2010), no. 3, 707–718. MR 2719428
[Mat81]J. Mather, Invariant subsets of area-preserving homeomorphisms of surfaces, Advances in Math. Suppl. Studies 7B
(1981), 531–561.
[Mat82] , Topological proofs of some purely topological consequences of Caratheodory’s theory of prime ends, Selected Studies (Th. M. Rassias and G. M. Rassias, eds.), North-Holland, 1982, pp. 2
---------------------

Informações:
Seção de Eventos do ICMC
Tel (16) 3373-9146
eventos@icmc.usp.br

Livros de docentes do ICMC concorrem ao 53º Prêmio Jabuti

Por: Rodrigo Peronti

O Prêmio Jabuti 2011 de literatura conta com 3 obras de docentes do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) nas finais. Linguagens Formais e Autômatos, do Prof. Dr. João Luis Garcia Rosa, e A carreira de pesquisador em engenharia de software: princípios, conceitos e direções, de autoria do Prof. Dr.  Paulo Cesar Masiero, concorrem na categoria Tecnologia e Informática. Já o livro Constituição do saber matemático:reflexões filosóficas e históricas da Profa. Dra. Renata Cristina Geromel Meneghetti está entre os classificados na categoria Ciências Exatas.


O Prêmio Jabuti existe desde 1959 e é reconhecido como o mais importante prêmio literário do Brasil. Neste ano, o evento reúne 29 categorias e cada uma possui 10 ou mais finalistas, onde apenas um será o vencedor. O resultado do Prêmio Jabuti de 2011 será divulgado no dia 18 de outubro.


Informações
Assessoria de Comunicação do ICMC
Tel (16) 3373-9666
comunica@icmc.usp.br

Eventos da semana

Seminários da Pós-Graduação - Matemática
The Fractional Calculus, The Fractional Differential Equations and The Mittag-Leffler Function

Palestrante: Paulo Mendes de Carvalho Neto (ICMC-USP)

Quanto: quarta-feira, 28 de setembro, às 13h
Onde: Sala 4-005

Resumo: In 1695 L?Hospital asked the question as to the meaning of 1/2-derivative of a function, and some time later Leibniz replied with a partial answer. In this seminar we will discuss the question of L'Hospital to Leibnitz about the existence of the fractional derivative of order 1/2. We will try to give an answer to this question, generalize the notion of fractional derivative and finally relate the three mathematical objects listed in the title.
---------------------

Tutoriais de Computação (Graduação)
Maratona de Programação no ICMC: apresentação e oportunidades

Palestrante: Maria da Graca Pimentel (ICMC-USP)

Quando: quarta-feira, 28 de setembro, às 14h
Onde: Auditório Prof. Luiz Antonio Fávaro

Resumo: Entre as várias competições nas quais alunos de computação podem participar, a Maratona de Programação tem por objetivo permitir que seus participantes desenvolvam habilidades de resolução de problemas de modo geral, e de pesquisa e de solução de problemas de programação de modo específico. A prática de algoritmos clássicos e modernos é um benefício para qualquer aluno de computação, tenha ele intenção de trabalhar na academia ou empresas, ou de montar seu próprio negócio. Por exemplo, tem aumentado o número de empresas que utilizam, em seus processos de seleção, provas com problemas típicos de competições de maratona. Nesta palestra, a professora Graça Pimentel vai, juntamente com alunos do Grupo de Estudos da Maratona, conversar com a audiência sobre a Maratona de modo geral, e sobre as disciplinas optativas que temos no ICMC que abordam treinamentos para a competição.
---------------------


Tutoriais de Informática (Graduação)
Compilação para Computação Reconfigurável

Palestrante: Ricardo Menotti (UFSCar)

Quanto: quarta-feira, 28 de setembro, às 18h
Onde: Auditório Prof. Luiz Antonio Fávaro


Resumo: Embora os FPGAs tenham ganhado atenção nas últimas décadas devido ao enorme potencial de se desenvolver aplicações altamente paralelas e de baixo consumo, esta plataforma ainda não é largamente usada devido a complexidade de programação. O uso de compiladores que possibilitem a descrição em alto nível de abstração tem contribuído para a adoção desta plataforma em diversas áreas, mas ainda existem inúmeros aspectos a serem explorados, trazendo diversas oportunidades de pesquisa neste assunto. Na palestra será abordado o uso da computação reconfigurável e de técnicas de compilação voltadas ao mapeamento direto de algoritmos em FPGAs. Ricardo Menotti é graduado em Ciência da Computação pela Universidade do Oeste Paulista (2002) e possui mestrado e doutorado em Ciência da Computação e Matemática Computacional pela Universidade de São Paulo (2005 e 2010) . Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Hardware, Computação Reconfigurável e Compiladores.
--------------------

Seminários de Estatística - ICMC/UFSCar
Bayesian modelling of the mean and covariance matrix in normal nonlinear models

Palestrante: Edilberto Cepeda Cuervo (Universidad Nacional de Colombia)

Quando: sexta-feira, 30 de setembro, às 14h
Onde: Sala de seminários DEs-UFSCar

Resumo: An important problem in statistics is the study of longitudinal data taking into account the effect of other explanatory variables such as treatments and time. In this paper, a new Bayesian approach for analysing longitudinal data is proposed. This innovative approach takes into account the possibility of having nonlinear regression structures on the mean and linear regression structures on the variance–covariance matrix of normal observations, and it is based on the modelling strategy suggested by Pourahmadi [M. Pourahmadi, Joint mean-covariance models with applications to longitudinal data: Unconstrained parameterizations, Biometrika, 87 (1999), pp. 667–690.].We initially extend the classical methodology to accommodate the fitting of nonlinear mean models then we propose our Bayesian approach based on a generalization of the Metropolis–Hastings algorithm of Cepeda (2001). Finally, we illustrate the proposed methodology by analysing one example, the cattle data set, that is used to study cattle growth.
--------------------
Informações
Seção de Eventos do ICMC
Tel. (16) 3373-9146

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

INCT-SEC promove exposição de robótica no CDCC

Por Assessoria de Imprensa do INCT-SEC


Você já quis entender o funcionamento de robôs móveis inteligentes e como eles têm a capacidade de interagir com objetos e pessoas que estão ao seu redor?

Se a resposta for sim, então participe da exposição gratuita de robótica que será realizada na próxima quinta-feira, dia 29, a partir das 14 horas, no Centro de Difusão Científica e Cultural (CDCC) da USP-São Carlos.

A exposição, promovida pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Sistemas Embarcados Críticos (INCT-SEC), contará com uma demonstração prática de robôs móveis do tipo Surveyor SRV1. De pequeno porte, eles possuem câmera, sensor ultrassom, laser e conexão por Wi-Fi com computadores remotos (para transmissão de dados, vídeo e comandos), além de possuírem esteiras que lhes permitem uma locomoção em diferentes tipos de superfícies.

Esse tipo de robô também foi usado no Programa de Pré-Iniciação Científica, oferecido pela USP, e que permite que alunos do ensino médio tenham um primeiro contato com o ambiente acadêmico e, nesse caso, com a robótica.

Segundo o Prof. Dr. Fernando Osório, do Laboratório de Robótica Móvel (LRM) do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP e integrante do INCT-SEC, “a exposição do CDCC pretende realizar uma apresentação didática e de difusão científica sobre robótica móvel e os principais temas relacionados à robótica para crianças e adolescentes, mas servindo também para todo tipo de público, inclusive adultos”.


A exposição

Como explica Osório, a exposição apresentará: robôs que são meros autômatos, ou seja, máquinas que realizam operações de forma repetitiva; robôs móveis controlados à distância por humanos, como os enviados para Marte; e ainda conceitos e funcionamento dos robôs autônomos, máquinas que podem interagir com os elementos do ambiente e “decidir de modo inteligente” a melhor forma de executar uma tarefa. Estes últimos seriam Robôs Móveis Autônomos (RMAs) ou Robôs Móveis Inteligentes.

Também será dada ênfase ao aprendizado de conceitos da robótica inteligente, que são a percepção, decisão e ação. “Para complementar esta apresentação será usado um sensor Kinect, conhecido dos usuários de videogames, que permitirá demonstrar como o robô pode ‘enxergar’ os elementos do mundo que o cerca e como ele pode ‘interagir’ com estes objetos e pessoas”, completa Osório.

Há a possibilidade de que a exposição, coordenada pelo Centro de Ensino e Treinamento do INCT-SEC, torne-se permanente e interativa, integrando o acervo do CDCC.


Sobre o INCT-SEC

O INCT-SEC conta com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e é sediado no ICMC.

O objetivo do INCT-SEC é agregar habilidades, competências e infraestrutura necessárias para o desenvolvimento de sistemas embarcados críticos, com o intuito de capacitar a academia e a indústria brasileira no desenvolvimento científico-tecnológico de aplicações de relevância e de alto impacto econômico-social em áreas estratégicas do país, como agricultura, segurança e defesa nacional, aviação e meio ambiente.

O CDCC fica na Rua 9 de julho, 1227, no Centro de São Carlos. 


Mais informações:
Tel.: (16) 3373-9772

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Visite o hotsite comemorativo dos 40 anos do ICMC

Por: Rodrigo Peronti

Por ocasião das comemorações dos 40 anos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP São Carlos, foi lançado um hotsite comemorativo (www.icmc.usp.br/40anos). Dentre as atrações, estão disponíveis informações sobre as festividades, como a programação completa de eventos e concursos abertos para a comunidade, além de um vasto material com fotos, textos e vídeos que contam a história deste que é um dos principais polos de desenvolvimento tecnológico e de pesquisa do país nas áreas de matemática, computação e estatística.

Logo de cara o visitante pode conferir um pouco da história do ICMC, além de se inteirar sobre as atividades programadas para este ano e que estão detalhadas no menu Programação. Lá está a agenda completa até o mês de dezembro, com os eventos que o Instituto oferece para toda a comunidade. Dentre eles, o Workshop de Egressos da Pós-Graduação, a ser realizado nos dias 2 e 3 de dezembro e que pretende reunir ex-alunos, professores e pesquisadores.

Dentre os concursos abertos, está o Fotos com Fatos, jogo de perguntas e respostas baseado em fotos históricas do ICMC. Periodicamente são lançadas novas fotos, com nível de dificuldade maior. No final do semestre, os melhores colocados no ranking receberão premiações.

Na sessão ICMC em números é possível conferir indicadores que mostram o crescimento do Instituto. Já na sessão Linha do tempo, são mostrados em ordem cronológica os principais marcos da história do ICMC.

Vale destacar o Tour virtual, que permite ao visitante passear pelos corredores e jardins do Instituto. A finalidade é possibilitar àqueles que não tenham condições de participar presencialmente das comemorações a chance de ver como está hoje o ICMC.


O hotsite também hospeda uma grande quantidade de fotos que mostram a evolução do ICMC durante todos esses anos. Já na sessão Vídeos, o internauta se sente como parte do Instinto, assistindo ao material que revela em detalhes as suas instalações e algumas das tecnologias já desenvolvidas pelos docentes e alunos.

Há várias atividades programadas para as comemorações dos 40 anos do ICMC, e o hotsite é uma de suas atrações. Para mais informações, acesse: www.icmc.usp.br/40anos

Coral da USP se apresenta neste sábado no ICMC

Coral da USP (foto: Banco de Imagens da USP)

Como parte das comemorações dos 40 anos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, haverá neste sábado (24 de setembro) a apresentação do Coral da Universidade de São Paulo.

O evento terá início às 20h no Auditório do Bloco ICMC-6, no na área I do campus, e encerrará as atividades da 16ª Semana de Arte e Cultura.

A entrada é gratuita, porém é necessário retirar o convite na Seção de Eventos do ICMC, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

A Comissão de Cultura e Extensão do ICMC e a Comissão Executiva dos 40 anos convidam a toda a comunidade para prestigiar o evento.

Informações
Seção de Eventos
Tel. (16) 3373-9146
eventos@icmc.usp.br

www.icmc.usp.br/40anos

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

ICMC promove Miniencontro de Lógica

O Miniencontro de Lógica ICMC-USP 2011 será realizado entre os dias 29 e 30 de setembro, no Auditório Prof. Luiz Antonio Favaro, no Bloco 4 do ICMC. O evento é gratuito e aberto a todos os interessados.

Programação

29/9 - Quinta-feira
13h - Andreas B. M. Brunner: Lógica e Álgebra
17h - Leandro F. Aurichi: a anunciar
18h - Edelcio G. de Souza: Sobre alguns tipos interessantes de lógicas não clássicas

30/9 - Sexta-feira
14h - Edelcio G. de Souza: Sobre extensões de isomorfismos de estruturas de primeira ordem
15h - Marina Andretta: a anunciar
16h - Intervalo
16h30 - Andreas B. M. Brunner: Representações topológicas de lógicas abstratas intuicionistas e distributivas
17h30 - Dione de Lara: a anunciar

As inscrições podem ser feitas através do link:
http://www.icmc.usp.br/eventos/gerenciador/inscrever.php?evid=86

Outras informações:
http://www.icmc.usp.br/~aurichi/ML/index.html

Teatro da USP se apresenta na Biblioteca do ICMC

Por: Rodrigo Peronti

Nesta quinta-feira (22), tem apresentação do Grupo de Teatro da USP (TUSP), no pátio da Biblioteca Prof. Achille Bassi do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos. A apresentação faz parte do Circuito TUSP e está inserida na programação da 16ª Semana de Arte e Cultura, que acontece em todas as unidades da USP entre os dias 18 e 26 de setembro deste ano.

Na ocasião, será apresenta a peça A noiva do defunto. O espetáculo é uma comédia e conta a história de um homem que é confundido com seu primo que acaba de morrer e que estava noivo de uma jovem sem muita sorte no amor.

A montagem foi realizada em 2006 e, até o momento, a peça já percorreu 22 cidades divididas entre 2 estados brasileiros, somando mais de 80 apresentações e totalizando um público de 15.000 pessoas.


A apresentação será às 20 horas e a entrada é gratuita. Toda a comunidade está convidada a participar.



Teatro da USP


O TUSP é um órgão ligado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade. Ele tem o objetivo de promover e fomentar ações culturais, provocando o surgimento de novas ideias, o debate e a reflexão sobre as questões do teatro no Brasil.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Eventos da semana no ICMC

Seminários da Pós-Graduação - Matemática
Sistemas dinâmicos com simetrias e anti-simetrias

Palestrante: Iris de Oliveira (ICMC-USP)

Quando: quarta-feira, 21 de setembro, às 13h
Onde:: Sala 3-012

Resumo: Num sistema dinâmico, a presença de simetrias ou anti-simetrias leva à ocorrência de múltiplas soluções: simetrias levam trajetórias em trajetórias, preservando a direção com o tempo, ao passo que anti-simetrias levam trajetórias em trajetórias, revertendo a direção com o tempo. Quando ambas ocorrem simultaneamente, o sistema é chamado reversível-equivariante e o conjunto destes objetos tem estrutura de grupo, o grupo das simetrias e anti-simetrias do sistema. A formulação matemática para tal ocorrência pode simplificar significamente o estudo sistemático de tais sistemas e é feita através da teoria de representação de grupos. Vamos fazer uma introdução ao estudo de sistemas reversíveis-equivariantes e apresentar alguns resultados interessante.
--------------------

Seminários de Singularidades
Topological properties of finitely determined map germs from R^3 to R^3

Palestrante: Juan Antonio Moya Pérez (Universitat de València)

Quando: quinta-feira, 22 de setembro, às 10h
Onde: Sala 3-102

Resumo: The link of a real analytic map germ f : (R3; 0) ! (R3; 0) is obtained by taking the intersection of the image with a small enough sphere S2 centered at the origin in 3. If f is nitely determined, then we can ensure that the link is a stable map from S2 to S2. We de ne Gauss words which contains all the topological information of the link in the case that the singular set S() is connected. As an application, we give a classi cation of nitely determined weighted homogeneous map germs with 2-jet equivalent to (x; y; xz) in a special case and of all the ruled map germs from R3 to R3.
--------------------

Seminário de Coisas Legais
Pense positivo!!!

Palestrante: Daniel Smania (ICMC-USP)

Quando: Quinta-feira, 22 de setembro, às 13h
Onde: Sala 5-001

Resumo: Vários problemas em Matemática envolvem matrizes positivas, isto é, matrizes cujas entradas são todas positivas. Por exemplo, sabendo as taxas de imigração e emigração entre certas cidades, e que tais taxas permanecem constantes ao longo do tempo, é possível deduzir as populações das cidades em um futuro longínquo com extraordinária precisão, mesmo sem saber quase nada sobre a população atual! Este resultado envolve o estudo de matrizes positivas, utilizando o chamado Teorema de Perron-Frobenius. A demonstração deste resultado é também fascinante, pois faz uso e tem conexões com várias áreas da matemática, como espaços métricos (Princípio de Contração de Banach) e Geometria (geometrias não euclidianas).
--------------------

Seminário de Geometria Algébrica
Local-global principles for integral points on curves

Palestrante: José Felipe Voloch (University of Texas at Austin)

Quando: Quinta-feira, 22 de setembro, às 14h
Onde: Sala 4-124 (Videoteca)

Resumo: We will discuss how to state a local-global principle for existence of integral and rational points on curves using Galois covers. This leads to a number of related conjectures and we will also present some results towards them.
--------------------

Seminários de Estatística - ICMC/UFSCar
Approximate inferences for skew-normal independent nonlinear mixed-effects models with application to AIDS studies
Palestrante: Prof. Dr. Victor Hugo Lachos Davila (IMECC-UNICAMP)

Quando: sexta-feira, 23 de setembro, às 14h
Onde: Sala de seminários DEs-UFSCar

Resumo: Nonlinear mixed-effects models have received a great deal of attention in the statistical literature in recent years because of the flexibility in handling longitudinal studies, including human immunodeficiency virus viral dynamics, pharmacokinetic analyses, and studies of growth and decay. A standard assumption in nonlinear mixed-effects models for continuous responses is the normal distribution for the random effects and the within-subject errors, making it sensitive to outliers. We present a novel class of asymmetric nonlinear mixed-effects models that provides for an efficient estimation of the parameters in the analysis of longitudinal data. We assume that, marginally, the random effects follow a multivariate skew–normal/independent distribution and that the random errors follow a symmetric normal/independent distribution providing an appealing robust alternative to the usual normal distribution in nonlinear mixed-effects models. We propose an approximate likelihood analysis for maximum likelihood estimation based on the EM-type algorithm that produce accurate maximum likelihood estimates and significantly reduces the numerical difficulty associated with the exact maximum likelihood estimation. Techniques for prediction of future responses under this class of distributions are also briefly investigated. Simulation studies indicate that our proposed methods work well for small, medium and large variability of the random effects. The newly developed procedures are illustrated with a HIV case study that was initially analyzed using normal nonlinear mixed-effects models.
--------------------

Informações:
Seção de Eventos do ICMC
Tel. (16) 3373-9146

Equipe do ICMC está na final da Maratona de Programação

Por: Neylor Fabiano

O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, estará representado na final brasileira da 16ª edição da Maratona de Programação. A equipe Dona Margarida, formada pelos alunos Vinicius Reis, Raphael Ferras, Bruno Adami e tendo como coach o egresso Diego Furtado Silva, resolveu seis exercícios e conquistou uma das duas vagas da regional. A etapa ocorreu no último sábado, 17, em Campinas-SP.

A etapa contou com a participação total de 27 equipes da região. O ICMC participou com seis times - além do Dona Margarida, foram inscritas as equipes Agora vai, Capitão Adhoc, I Can Haz Balloonz, No bug no fun e Pardal. Todas essas equipes ficaram classificadas entre as dez melhores. 

Graças ao resultado, a equipe Dona Margarida participará final brasileira, que acontecerá nos dias 4 e 5 de novembro, em Goiânia-GO. Esse evento possibilita alcançar uma vaga no ACM International Collegiate Programming Contest, que será realizado em maio de 2012, em Varsóvia, na Polônia.

A Maratona de Programação é organizada desde 1996 pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), e conta desde 2006 com parceria da Fundação Carlos Chagas (FCC). A competição se destina a alunos de graduação e início de pós-graduação na área de Computação e afins, e promove a criatividade, a capacidade de trabalho em equipe, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão. Funciona também como uma vitrine para que grandes empresas da área tenham contato com os talentos que participam da maratona.

A Diretoria do ICMC parabeniza a Comissão da Maratona e seus colaboradores, bem como a todos os participantes das seis equipes, desejando muito sucesso nas próximas etapas.

Informações:
http://maratona.ime.usp.br/
http://cm.baylor.edu/

Arma do futuro reconhecerá seu dono

Pensando no aumento da segurança, estudante criou projeto para nova arma de fogo, que só poderá ser ativada por seu proprietário. A principal novidade, no entanto, consiste em como isso será feito

Por: Assessoria de Comunicação do IFSC (fonte)

Pesquisadores que se fazem de cobaia, para validar experiências, não é novidade no mundo científico. Basta lembrar-se do caso do médico britânico, Edward Jenner, que se contaminou com varíola para testar a eficácia da vacina que produziu contra a doença.

Em menores proporções, o pós-doutorando do Centro de Imagens e Espectroscopia in vivo por Ressonância Magnética (CIERMag) do Instituto de Física de São Carlos (IFSC/USP) e docente do Instituto de Ciências Matemáticas e da Computação (ICMC/USP), Mário Gazziro, incorporou o papel de pesquisador e de "pesquisado", com o intuito de legitimar uma experiência que, se integralmente bem-sucedida, poderá diminuir, expressivamente, os números da violência no Brasil e no mundo.

Em agosto do ano passado, Mário implantou um pequeno chip em sua mão esquerda, com a ideia de criar uma maneira mais eficiente e, principalmente, segura, para utilização de uma arma de fogo. "A inspiração veio do filme de ficção científica, Distrito 9, onde alienígenas invadiam a Terra e suas armas de combate não funcionavam nas mãos dos humanos. A trama central do filme era descobrir uma maneira de poder utilizar essas armas", conta.

O projeto para criar a chamada "arma eletrônica" tomou forma quando Mário passou a trabalhar em uma empresa de consultoria que fabricava chips para animais silvestres. Já decidido a se tornar o próprio experimento, ganhou o menor chip que a empresa revendia (9mm por 1,2mm) e realizou o implante, com a ajuda de uma médica. "O chip vem dentro de um vidro, revestido por um material chamado 'parylene C', não rejeitado pelo organismo de animais e humanos. O local do implante foi escolhido, já se pensando em sua viabilidade para arma eletrônica", conta.

A ideia é, relativamente, simples e consiste no seguinte: o chip implantado conecta-se eletronicamente com uma bobina, montada no interior da arma. O chip será a única ferramenta capaz de destravar tal bobina, possibilitando o disparo imediato. Ou seja, só o portador do chip será capaz de destravá-la.

Ainda de acordo com o pós-doutorando, nos Estados Unidos, o acesso a essa tecnologia não só já existe como é, inclusive, liberado pela Food and Drug Administration (FDA), desde 2004. "Lá, a inserção do chip é feita entre o polegar e o indicador, onde há menos terminações nervosas. Em nosso caso, esse local para o implante não é válido, pois o chip ficaria muito distante da bobina da arma, não possibilitando seu destrave", explica. "No laboratório, projetamos uma bobina e, depois disso, definimos a melhor localização para o chip ser inserido, no corpo".

Além do chip, Mário e outros colaboradores, entre eles o especialista em eletrônica do IFSC, Lírio Onofre B. de Almeida, projetaram uma arma de brinquedo, do mesmo modelo de uma pistola Colt, onde, em seu interior, há espaço para inserir uma bobina e uma micro solenoide, peças fundamentais para destravar a arma, eletronicamente.

O que já foi e o que está por vir

O projeto, embora possa, em princípio, chocar e causar polêmica, visa propósitos totalmente benéficos. "Acidentes com armas de fogo e suicídios são a segunda causa de morte entre crianças e adolescentes. Só perde para traumatismos gerados por acidentes domésticos e veiculares", conta Mário, que complementa a informação garantindo que a arma eletrônica só será capaz de efetuar o disparo pelas mãos do dono legítimo.

Quanto à eficácia, depois de identificar o chip, leva-se, em média, 5 milionésimos de segundo para que todo circuito seja acionado e ela seja destravada. "Como todo circuito eletrônico, ela deverá ser carregada para funcionar. Já estudamos montar um circuito que tenha capacidade para manter o funcionamento da arma por, no mínimo, uma semana, sem recarregá-la", elucida.

Ele conta que outras questões também são estudadas, para aprimorar a segurança do novo equipamento. "O intuito final do projeto é uma arma que, no momento do disparo, já registre local, horário e autor do disparo, inclusive com orientação do tiro, informação que poderá ser fornecida se a arma possuir um giroscópio", conta.

Até o momento, parte das etapas do projeto já foi concluída e bem-sucedida: implante do chip, construção de um receptor de rádio frequência tradicional e projeção de uma bobina compatível ao projeto. "Nossa primeira dúvida era se teríamos alguma bobina capaz de fazer a leitura do chip na mão, mesmo próximo da arma. Conseguimos passar essa etapa. Depois, conseguir uma micro solenoide que coubesse na arma. Vencemos essa etapa, também".

Pelos benefícios técnicos e, sobretudo, sociais da proposta, interessados já começaram a manifestar-se. No exterior, uma publicação com detalhes do projeto foi divulgada no "European Conference of Control". No Brasil, além de alguns pesquisadores do Laboratório de Análise e Prevenção da Violência (LAPREV) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), investigadores da Polícia Civil de Minas Gerais já convidaram Mário para testes mais concretos. "No final do ano, pretendo ir à Belo Horizonte para fazer testes incluídos à parte mecânica da arma, já que a eletrônica, relacionada ao chip, já funciona perfeitamente".

Em relação à definitiva concretização do projeto, ou seja, a comercialização das armas eletrônicas, Mário conta que uma etapa pode levar algum tempo para ser ultrapassada. "A última fase envolverá a esfera política, para aprovação de um projeto de lei que autorize o uso desse tipo de arma, levando-se em conta todas as suas consequências".

É óbvio que outras questões, especialmente de cunho sociológico, deverão ser estudadas. Mas, com meio passo andado no que diz respeito à parte técnica do projeto, basta torcer pela rapidez e agilidade do restante dos processos- não menos importantes do que aquele, em princípio, idealizado e já concluído pelo pós-graduando.



Informações:
Prof. Dr. Mário Gazziro
Tel. (16) 3373-9751
yah@icmc.usp.br

Professor do ICMC integra comitê do CNPq

Por: Rodrigo Peronti

Prof. Dr. Caetano Traina Jr.
O Prof. Dr. Caetano Traina Junior, docente do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP em São Carlos, foi escolhido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para compor, como membro titular, o Comitê de Assessoramento de Ciência da Computação (CA-CC).

Os Comitês de Assessoramento destinam-se a prestar assessoria ao CNPq na formulação de políticas e na avaliação de projetos e programas relativos à sua área de competência, bem como na apreciação das solicitações de bolsas e auxílios.

Os membros que atuam nos Comitês de Assessoramento deverão ter uma visão estratégica da área em questão, incentivando as pesquisas que representem novos avanços da ciência, bem como as subáreas ou linhas de pesquisa que não estão bem desenvolvidas no país, mas são relevantes para o desenvolvimento científico.

Caetano Traina Jr. possui graduação em Engenharia Elétrica (1977), mestrado em Ciências da Computação  (1982) e doutorado em Física Computacional (1986), todos pela Universidade de São Paulo. Atualmente é Professor Titular do Departamento de Ciências de Computação do ICMC e diretor do Centro de Informática de São Carlos (CISC). 


Informações:
Assessoria de Comunicação do ICMC

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

ICMC Junior firma parceria com AIESEC

Objetivo da AIESEC é suprir a demanda de estudantes com experiência em gestão para o Programa de Intercambio Talentos Globais

Por Luiz Gustavo de Sousa Bravo 

Dois movimentos mundiais - AIESEC e Movimento Empresa Junior - estão cada vez mais próximos. Ambos buscam formar novos líderes, porém de forma diferente: enquanto a AIESEC fomenta isso através do intercâmbio dos estudantes, as empresas juniores promovem isso por meio de prestação de serviços ou consultorias gerenciadas pelos mesmos. 

Após AIESEC Brasil e Brasil Junior – Confederação Brasileira de Empresas Juniores – firmarem parceria em âmbito nacional, agora essas parcerias se expandem localmente, como é o caso da ICMC Jr. e a AIESEC São Carlos. 

Além da troca de experiências que essa parceria proporcionará entre os dois grupos e vantagens em taxas de intercâmbio para os membros da ICMC Jr., o grupo AIESEC estará presente em nossos treinamentos, proporcionando desenvolvimento mútuo entre os grupos. A ICMC Jr. possui experiência em competências de gestão e administração, que serão importantes para o desenvolvimento do grupo AIESEC e de seus membros. Nossos membros, também estarão mais próximos dos programas de intercambio da AIESEC, como o programa Talentos Globais


Sobre a AIESEC 

Presente em 110 países e territórios, e com mais de 50.000 membros, a AIESEC (Association Internationale des Etudiants en Sciences Economiques et Commerciales) é a maior organização mundial gerida por estudantes. Focada em fornecer uma plataforma para desenvolvimento de lideranças jovens, a AIESEC oferece aos jovens a oportunidade de serem cidadãos globais, para mudar o mundo, e para adquirir experiência e habilidades que fazem a diferença nos dias de hoje. 

No Brasil há 40 anos, estão presentes em todas as regiões do país, com 32 escritórios espalhados nos principais pólos universitários. São mais de 2.700 jovens líderes compondo a rede. 

A AIESEC interage com centenas de empresas e organizações para dar suporte à aquisição de talentos internacionais altamente competitivos e posicionamento consciente de marca como empregadores de primeira escolha. 


Sobre a ICMC Junior

Foi fundada em 27 de abril de 1992 como ICMSC Junior, por alunos do então ICMSC (Instituto de Ciências Matemáticas de São Carlos). Com as mudanças de estrutura e nome do Instituto para ICMC (Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação), passa-se a se chamar em 1998 de ICMC Junior. 

A ICMC Jr é uma empresa júnior que presta serviços na área de TI, formada e gerida, por estudantes do ICMC-USP, e que proporciona experiência de mercado e de gestão. 


Sobre o Movimento Empresa Junior no Brasil 

No final da década de 1980, por iniciativa da Câmara de Comércio Brasil-França o conceito de empresa júnior chega ao país. Surgem as primeiras empresas juniores no Brasil: Em 1988, nasce a Empresa Júnior Fundação Getúlio Vargas pioneira no Brasil, em 1989 a Empresa JR ADM UFBA, a FCAP JR. Consultoria e a Poli Júnior na Escola Politécnica da USP. 

A Brasil Junior – Confederação Brasileira de Empresas Juniores – é hoje a maior organização estudantil de fomento ao empreendedorismo nas Universidades. Presente em 14 Estados e no Distrito Federal, seus programas atingem mais de 140 empresas confederadas, além de influenciar todo o restante da rede. Ela foi criada em 2003, com a finalidade de propor e repassar diretrizes nacionais que devem ser adotadas pelas confederações estaduais de modo a regulamentar a atividade das empresas juniores em âmbito nacional. Além disso, trabalha com um portal de colaboração e conhecimento, que promove a integração dos empresários juniores de todo o país. Atualmente ela regulamenta cerca de 1.200 empresas juniores espalhadas pelo Brasil, em mais de 2000 instituições de ensino superior. Estima-se que existam aproximadamente 23.200 graduandos envolvidos no Movimento Empresa Júnior, executando em média 2.000 projetos por ano. 

Informações: 
AIESEC - http://aiesec.org.br/site/organizacoes/
Brasil Júnior - http://www.brasiljunior.org.br/
ICMC Junior - http://www.icmcjunior.com.br

Biblioteca do ICMC disponibiliza atendimento online via chat

A Biblioteca Prof. Achille Bassi, situada no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), na USP em São Carlos, disponibiliza aos seus usuários o sistema de atendimento online por chat. 

O espaço foi criado com o objetivo de ampliar os canais de comunicação, além de possibilitar um contato mais rápido entre a biblioteca e seus usuários. 

O serviço encontra-se disponível na página inicial do site da biblioteca

Confira!


Informações:
Seção de Atendimento ao Usuário
Biblioteca Prof. Achille Bassi
Tel. (16) 3373-9634

Departamento de Sistemas de Computação realiza Congresso

Por: Rodrigo Peronti

O Departamento de Sistemas de Computação (SSC) do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC),  da USP em São Carlos, realizou durante os dias 5 e 6 de setembro o V Congresso do SSC. O evento foi realizado em Águas de São Pedro e contou com a presença de 31 servidores, entre docentes e técnico-administrativos do Departamento.


O tema central deste congresso foi Conhecendo, Entrosando e Inovando. O objetivo foi rever as metas definidas para o departamento desde sua criação e promover um forte entrosamento entre os seus membros, docentes e administrativos.

O congresso teve inicio na manhã do dia 5 de setembro, com uma retrospectiva rápida das edições anteriores, destacando o que ficou estabelecido para a pauta do SSC. A atividade seguinte visou à análise e ao planejamento das atividades do Departamento, e contou com a participação de João Salla, chefe da Área Financeira do ICMC. Na parte da tarde, ocorreu uma sessão sobre ensino, onde foram discutidos quatro temas selecionados de sugestões prévia dos docentes do SSC.

No dia 6, os trabalhos foram iniciados com um workshop de pesquisa, onde o foram sintetizadas as atividades desenvolvidas por cada um dos docentes do departamento, ao mesmo tempo em que foi estabelecida a malha de relacionamento entre os grupos de pesquisa do SSC. À tarde  ocorreu uma sessão plenária, onde todos foram convidados a se manifestar, apresentando suas impressões, suas preocupações e sugestões para o departamento. O encerramento do congresso foi no final da tarde, com uma sessão de apresentação dos resultados dos trabalhos realizados no primeiro dia e uma avaliação geral do congresso.

Algumas dinâmicas promoveram a descontração de todos, aumentando o entrosamento e integração. Cabe ressaltar ainda a realização do II Sarau do SSC realizado na noite do dia 5. Um número expressivo de participações com danças, músicas, apresentações instrumentais, artes marciais, entre outras foram apresentadas pelos participantes.

Mais informações:
Secretaria do SSC
Tel. (16) 3373-8118
ssc@icmc.usp.br

Membros do ICMC participam do Projeto Rondon

Integrantes do ICMC e de outras Unidades da USP estiveram em Bodoquena-MS, promovendo cursos de capacitação em informática e oficinas de artesanato

Por: Davi Marques Pastrelo

A cidade de Bodoquena, no Mato Grosso do Sul, recebeu no último mês de julho uma equipe da USP de São Carlos, para participação no Projeto Rondon - Operação Arara Azul 2011. O município localiza-se a 253 km da capital Campo Grande, no entorno do Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Possui uma área de 2507,33 km² e uma área urbana de 9,63 km², divididos em uma área central, onze bairros e três assentamentos que abrigam uma população de 7.986 habitantes de acordo com o censo de 2010.